fechar

Ventiladores de Teto e Suas Versões

Ventiladores de teto e suas versões mais variadas, confira abaixo!

  • Clique Aqui e Saiba Mais...

    Ventiladores de Teto e Suas Versões: saiba como escolher o melhor para o seu ambiente

    Você está procurando um ventilador de teto para refrescar o seu ambiente e deixá-lo mais aconchegante? Você sabe quais são as vantagens de ter um ventilador de teto e quais são as suas versões disponíveis no mercado? Neste artigo, vamos te mostrar tudo o que você precisa saber sobre ventiladores de teto e suas versões, para que você possa escolher o melhor para o seu caso. Acompanhe!

    O que é um ventilador de teto?

    Um ventilador de teto é um aparelho que utiliza um motor elétrico para girar hélices que movimentam o ar, criando uma corrente de ar que refresca o ambiente e as pessoas que estão nele. Ele é instalado no teto, geralmente no centro do ambiente, e pode ter diferentes tamanhos, potências, velocidades, ruídos, designs e funcionalidades.

    O ventilador de teto é uma ótima opção para quem busca conforto, bem-estar e economia, pois ele pode trazer vários benefícios, como:

    - Refrescar o ambiente e as pessoas que estão nele, proporcionando mais conforto térmico e alívio do calor;
    - Economizar energia elétrica, pois consome menos do que um ar-condicionado e pode ser usado em conjunto com ele para aumentar a eficiência;
    - Melhorar a qualidade do ar, pois ajuda a renovar o ar do ambiente e a dispersar odores, fumaça, poeira e outros poluentes;
    - Prevenir doenças respiratórias, pois evita o acúmulo de mofo, bactérias e ácaros que podem causar alergias, asma e rinite;
    - Relaxar e dormir melhor, pois produz um ruído branco que pode abafar outros sons que atrapalham o sono e induzir um estado de relaxamento;
    - Decorar o ambiente, pois pode ter diferentes cores, formatos, materiais e estilos, desde os mais clássicos até os mais modernos e sofisticados.

    Quais são as versões de ventiladores de teto?

    Existem diversas versões de ventiladores de teto, que se diferenciam por alguns aspectos, como:

    - A quantidade de pás: os ventiladores de teto podem ter de duas a seis pás, que são as hélices que giram e movimentam o ar. A quantidade de pás influencia na potência, na velocidade, no ruído e no design do aparelho. Em geral, quanto mais pás, maior o fluxo de ar e menor o ruído, mas também maior o consumo de energia e maior o preço. Além disso, as pás podem ter diferentes formatos, como retas, curvas, largas ou estreitas, que também afetam o desempenho e a estética do ventilador.
    - A presença de luminária: os ventiladores de teto podem ter ou não uma luminária acoplada, que é uma fonte de luz que fica no centro do aparelho. A luminária pode ser de diferentes tipos, como incandescente, fluorescente, LED ou halógena, que variam em termos de luminosidade, durabilidade, economia e temperatura. A luminária pode ser um diferencial para quem quer ter um ventilador e uma iluminação no mesmo lugar, mas também pode ser um inconveniente para quem prefere uma iluminação mais indireta ou personalizada.
    - A presença de controle remoto: os ventiladores de teto podem ter ou não um controle remoto, que é um dispositivo que permite ligar, desligar, regular a velocidade, a direção e a iluminação do aparelho à distância. O controle remoto pode ser um benefício para quem quer ter mais praticidade, conforto e segurança, mas também pode ser um problema para quem perde ou esquece o controle, ou para quem tem crianças ou animais que podem danificar ou engolir o controle.
    - A marca e o modelo: os ventiladores de teto podem ser de diferentes marcas e modelos, que oferecem diferentes níveis de qualidade, durabilidade, garantia e assistência técnica. Algumas das marcas mais conhecidas e confiáveis de ventiladores de teto são: Aliseu, Arno, Britânia, Loren Sid, Spirit, Tron e Ventisol. Cada uma delas tem vários modelos de ventiladores de teto, que se adequam a diferentes gostos, necessidades e orçamentos.

    Como escolher o melhor ventilador de teto para você?

    Para escolher o melhor ventilador de teto para você, você deve considerar alguns fatores, como:

    - O tamanho do ambiente: o tamanho do ambiente é um dos fatores mais importantes na hora de escolher um ventilador de teto, pois ele determina a potência e o diâmetro do aparelho. A potência é medida em watts (W) e indica a capacidade do aparelho de movimentar o ar. O diâmetro é medido em centímetros (cm) e indica o tamanho das pás do aparelho. Quanto maior o ambiente, maior deve ser a potência e o diâmetro do ventilador de teto, para que ele possa refrescar todo o espaço. Em geral, recomenda-se uma potência de 50 W e um diâmetro de 80 cm para ambientes de até 10 m², uma potência de 100 W e um diâmetro de 100 cm para ambientes de até 20 m² e uma potência de 150 W e um diâmetro de 120 cm para ambientes de até 30 m².
    - A altura do teto: a altura do teto é outro fator importante na hora de escolher um ventilador de teto, pois ele determina a distância entre o aparelho e o piso. A distância ideal entre o ventilador de teto e o piso é de 2,3 m, para que o aparelho possa ventilar bem o ambiente e não oferecer riscos de acidentes. Se o teto for mais alto, você pode usar uma haste prolongadora para baixar o ventilador de teto. Se o teto for mais baixo, você pode usar um ventilador de teto embutido, que fica mais próximo do teto.
    - O número de pessoas que vão usar o aparelho: o número de pessoas que vão usar o aparelho é outro fator que influencia na escolha do ventilador de teto, pois ele determina a velocidade e a direção do aparelho. A velocidade é medida em rotações por minuto (RPM) e indica a frequência com que as pás giram. A direção é a forma como o aparelho ventila o ambiente, podendo ser para baixo ou para cima. Quanto maior o número de pessoas que vão usar o aparelho, maior deve ser a velocidade e a direção para baixo do ventilador de teto, para que ele possa refrescar mais pessoas. Em geral, recomenda-se uma velocidade de 900 RPM para uma ventilação suave, de 1200 RPM para uma ventilação moderada e de 1500 RPM para uma ventilação intensa. A direção para baixo é mais indicada para os dias mais quentes, pois empurra o ar frio para baixo. A direção para cima é mais indicada para os dias mais frios, pois puxa o ar quente para cima.
    - O estilo e a decoração do ambiente: o estilo e a decoração do ambiente são fatores que interferem na escolha do ventilador de teto, pois ele deve combinar com o restante do espaço e com a sua personalidade. Você pode escolher entre diferentes cores, formatos, materiais e estilos de ventiladores de teto, desde os mais clássicos até os mais modernos e sofisticados. O importante é que o ventilador de teto harmonize com o seu ambiente e com o seu gosto.

    Conclusão

    Um ventilador de teto é um aparelho que pode trazer mais conforto e bem-estar para o seu ambiente, especialmente nos dias mais quentes. Ele funciona a partir de um princípio físico chamado de convecção, que cria uma corrente de ar que refresca o ambiente e as pessoas que estão nele. Um ventilador de teto pode trazer vários benefícios, como economizar energia elétrica, melhorar a qualidade do ar, prevenir doenças respiratórias, relaxar e dormir melhor e decorar o ambiente.

    Existem diversas versões de ventiladores de teto, que se diferenciam por alguns aspectos, como a quantidade

Ver como Grade Lista

Itens 1-12 de 78

Página
2 3 4 5 6
por página
Definir Direção Decrescente
  1. Ventilador Teto Tami 4 Pas em Laca Volare
    Preço Especial R$ 1.220,58 Preço R$ 1.627,44
Ver como Grade Lista

Itens 1-12 de 78

Página
2 3 4 5 6
por página
Definir Direção Decrescente